Meditação pela Terra535479_3303744269984_1323205442_n

(Júlia) – Hoje é o domingo de ascenção e é um dia de águia cósmica azul a Hélène é como habitualmente a nossa anfitriã e a pessoa que vai dirigir e que vai trabalhar nesta meditação que se vai desenvolver aqui, portanto já todos a conhecem e se não a conhecem ficarão a conhece-la. E eu gostava só de vos ler o oráculo sagrado do novo tempo para introdução a este trabalho que vamos ter aqui e que diz o seguinte: “ Reservo-me com o fim de criar, transcendendo a mente selo a saída da visão com tom cósmico da presença, eu sou guiado pelo poder da auto-geração”. Bom trabalho para todos.

(Hélène) – Obrigado pelas vossas presenças, hoje mais uma vez temos a oportunidade de ficar juntos, para poder transmitir energia à Terra e para poder aprender e praticar a meditação em grupo o que também é muito agradável.

Como a Júlia disse, hoje é um domingo de ascenção, que é um momento de energia muito privilegiado, e eu penso que o nosso trabalho de hoje também vai ser levado, por esta energia de ascensão.

Queria que durante esta meditação vocês pudessem sentir-se em casa, sentir mesmo que estão no sofá tranquilos no canto preferido da vossa casa, com os seres mais queridos ou sem ninguém, como é a vossa vontade, porque como somos muitos há um aspecto assim impessoal, que se vocês se sentirem como na intimidade da vossa casa vai rapidamente desaparecer para todos nós.

Esta meditação vai ser guiada de uma maneira, muito simples, eu tenho o hábito de dizer às pessoas de utilizar só o que toda a gente sabe utilizar, que é o pensamento, não precisam de visualizar, não precisam de fazer um esforço grande de concentração, porque o trabalho de concentração vai ser feito pelos nossos irmãos de luz que nos vão acompanhar e que vão permitir gradualmente a vossa entrada dentro destas novas energias. Então para todos aqui que nunca fizeram meditação, não se assustem não vai ser nada complicado, é só pensar. Habitualmente dou este exemplo que uma laranja por exemplo, a visualização de uma laranja, o pensamento de uma laranja é exactamente a mesma coisa, só que tem um grau de materialização diferente é a única diferença, mas não será nunca uma maçã, então não pode haver confusão, a partir do momento que estão a pensar numa laranja, é mesmo uma laranja, e o trabalho que nós estamos a fazer aqui em grupo vai vibrar numa outra dimensão e vai permitir mais cedo ou mais tarde a materialização do que nós fabricamos durante este momento de meditação guiados. A força do pensamento materializa-se tanto no lado negativo, como nós já estamos muito habituados, como no lado positivo como nós temos muito menos hábito, não façam esforços específicos.

(Hélene) – Vamos começar então, e tocar um bocadinho de musica. (Helene toca a taça tibetana)

Antes de começar mesmo a meditação, vamos convidar os nossos familiares os nossos amigos das outras dimensões, que querem participar connosco nesta reunião, a tomar o lugar perto de nós, aqui nesta sala. Eu vou também convidar uns grandes seres de luz, para nos apoiar, para receber e encaminhar a energia que nós vamos oferecer-lhes para o planeta Terra. Eu convido também os grandes seres de luz, depois desta meditação a transmitirem através das pessoas que já têm capacidades para isso, presentes hoje nesta sala, as mensagens de amor que têm para nós. Estão aqui presentes nesta sala, pessoas que fazem parte do grupo de canalização do Entroncamento e outras pessoas que estão habituadas a participar em outros grupos de canalização em Lisboa estas pessoas têm a capacidade de receber hoje as mensagens e estão convidadas depois desta meditação a transmiti-las.

Vamos respirar fundo três vezes, cada uma ao seu ritmo. E depois voltamos à nossa respiração normal. No meio do peito no chakras do Coração, vamos imaginar uma luz branca, e mesmo que as pessoas não consigam vê-la, esta luz está presente. Esta luz vai tornar-se da cor violeta e está a dançar muito alegre dentro do nosso chacras do coração.

Agora cada um de nós vai chamar individualmente o seu próprio anjo da guarda, para estar consigo, cada um de nós pode sentir a ternura que emana das vibrações luminosas deste grande ser de luz. Este anjo da guarda vai recolher esta energia e vai acompanhar esta energia também para se ligar à nossa mãe Terra.

Nós vamos imaginar a partir do centro do chakra do coração, uma linha como se fosse um raio laser a sair de nós, e à frente de nós está o ecrã (uma tela), equivalente a um ecrã de televisão é neste ecrã que a nossa luz vais ser depositada.

E vai-nos aparecer neste ecrã, o nosso planeta azul, muito bonito. Ele é tão bonito, tão azul tão límpido. O nosso raio de luz está a depositar à volta do planeta, esta luz branca e prateada.

No ecrã começam a aparecer, os nossos amigos os golfinhos, que estão a dançar à volta do planeta e estão a distribuir muito alegria, neste ecrã.

Todos os nossos familiares de outras dimensões, também utilizam o ecrã para depositar energia, e esta energia, esta luz, está a acalmar, está a depositar-se em cima da Terra. Vamos sentir agora a partir do chakra do coração mais luz a sair, uma quantidade e luz maior, mais larga, mais branca e vamos intensificar esta luz com os nossos pensamentos de abundância que se vão depositar no ecrã. As nossas energias de abundância vão cobrir a Terra, através do ecrã. A partir do nosso coração agora uma ideia de alegria, um pensamento alegre e colorido vai-se depositar no ecrã também. Agora uma sentimento de bondade, que sai do nosso coração e se deposita no ecrã. E agora um pensamento de justiça que sai do nosso coração e vai expor no ecrã. Temos agora uma sentimento de sabedoria, também sai do nosso coração e que vai até ao ecrã, um sentimento de sabedoria… temos agora um sentimento de verdade que sai do nosso coração… temos agora um sentimento de amor, e o amor sai do nosso coração, para aparecer no ecrã.

A nova Terra alimenta-se das nossas ideias, dos nossos pensamentos nós somos os jardineiros estamos a regá-la com novas ideias fortes e bonitas, equilibradas. Somos uns jardineiros da nova Terra e somos capazes de amá-la como os jardineiros e termos paciência para vê-la crescer também. E de ter paciência para ver aparecer novas flores, novos relacionamentos humanos, novos conceitos, nova politica, nova economia, novas casas também. Aqui podemos imaginar novos sistemas de troca novos carros, novos valores, novos conhecimentos, novos modos de comunicação, a telepatia por exemplo, e jamais precisar de telefone. A teleportação, e jamais poluir o planeta com carros e muitas outras coisas que podemos imaginar e plantar como um jardineiro na nossa nova terra.

Vamos virar a nossa atenção agora para debaixo dos nossos pés, e sentir o contacto com a Terra, os vossos pés bem em contacto com a Terra. A Terra vai comunicar directamente com cada um de vós aqui na sala, tocar os vossos pés vai cumprimentar-vos e vai agradece-vos r de todo o amor que lhe deram hoje. Aceitem receber esta energia bonita que a terra vos está a oferecer, aceitem o contacto. Somos filhos dela,  ela também tem o direito de manifestar o amor que ela tem por nós. Deixem entrar dentro dos vossos corpos esta linda energia da vossa mãe. Deixem subir esta energia até aos vossos corações, imaginem como a seiva que entra numa planta e ao nível do vosso coração como uma flor a abrir, com muitas pétalas, com muitas cores. Esta flor está a ser alimentada directamente pela nossa mãe Gaia, a nossa terra. Está a agradecer a cada um de vós, por terem aberto vossos corações, e terem aceite a circulação de energia, que ela sempre vos quis dar.

Hoje é um dia de festa, é o dia da Ascensão e o amor da Terra pode ascencionar dentro dos nossos corpos. Nós também precisamos tanto dele. Este amor preenche-nos completamente e vai-se espalhando pelo corpo todo. Este amor entra no nosso sistema nervoso, este amor acende novamente dentro de cada célula do nosso corpo, em todas dimensões a luz necessária ao bom funcionamento, das nossas entidades humanas multidimensionais.

Esta luz em cada célula vai acelerar na medida do possível as nossas vibrações do ADN para que a nossa ascensão também possa ser mais visível ao nível dos seres humanos. A luz deste amor tem o poder de diluir as nossas memórias mais escuras e transforma-las em luz, a luz do amor da Terra, tem o poder de apagar os todos os programas que nos limitam. A luz do amor da Terra tem o poder de abrir as portas, abrir os nossos portais interiores. Para que as nossas almas possam novamente voar nos níveis mais altos do amor, vamos tomar contacto novamente com os nossos pés, com o nosso corpo físico. Podem novamente movimentar-se um bocadinho, abrir os olhos

Vamos deixar um espaço aqui, para as nossas canalizações, e eu vou convidar os irmãos de luz que querem transmitir mensagens através dos canais presentes na sala, e desejar-lhes as boas vindas nestas comunicações.

(Hélène toca a taça tibetana)

 

(23-05-04)

 

Categories: Artigos

%d bloggers like this: