orientado por Hélène Abiassi  

Vamos fechar os olhos agora…Fechar os olhos e tomar 3 grandes respirações e depois voltar à respiração normal.pesinhos

Vamos sentir do nosso lado direito a presença do nosso anjo da guarda.

O nosso anjo da guarda pode estar a nos dar a mão ou ficar presente do nosso lado direito. A presença do nosso anjo da guarda nos tranquiliza. Nós estamos a nos sentir como em casa, seguros, tranquilos e calmos e o nosso corpo começa a relaxar. Vamos sentir os pés, e imaginar raízes de luz debaixo dos nosso pés. Grandes raízes que vão entrar até atingir o sol do interior da Terra. Que grandes raízes…muito profundas. E por baixo dos nossos pés vamos sentir uma luz branca…uma luz branca debaixo dos pés… O nosso corpo está a relaxar gradualmente e a ficar mais mole, mais tranquilo. O nosso corpo está a estabilizar-se numa temperatura confortável e vamos imaginar no meio do nosso peito um chakra do coração, vamos imaginar uma bola de luz branca no meio do peito , dentro do chakra do coração. Eu vou chamar aqui para nos acompanhar durante este trabalho de contacto o mestre Adama e o Arcanjo Miguel.

Voltamos a ter contacto com o nosso anjo da guarda e o nosso anjo da guarda vai nos acompanhar num passeio, num passeio dentro dum jardim. Ao longe, dentro deste jardim nós estamos a ver uma criança muito nova, muito muito nova e o nosso anjo da guarda nos permite entrar em contacto com esta criança e agarrar a criança para ela ficar ao nosso colo confortavelmenre instalada. A criança fica ao nosso colo, tranquila… A  criança não nos conhece, não nos conhece ainda mas tem confiança.

E agora vamos massagear os pezinhos da criança, com muita ternura, muito amor, muita calma, vamos massagear os pezinhos da criança…

É um contacto muito profundo que nós temos agora com esta criança, parece que ela está a nos conhecer, parece que ela está a descobrir que somos nós vindo do futuro e chegando até ao presente desta criança, nós somos mágicos, sabemos exactamente do que a criança necessita. Nós temos todos os poderes, em ajudar, a amar a contactar esta criança, e é através da nossa massagem que vamos transmitir a esta criança todo o amor e a compreensão que está a lhe fazer a falta neste mundo que ela está a descobrir. E a criança parece que está a sorrir, parece que está a gostar, está a entender o que se passa. A criança parece que está mesmo a nos conhecer, a nos reconhecer e ela aceita o amor, as prendas que estamos a lhe trazer. Ela aceita e fica mais alegre, sorri. Vamos dizer a esta criança como nós a amamos, como nós vamos ser presentes na vida dela e que ela pode confiar em nós, do que ela precisa de confiar. E a criança tem cada vez mais um sorriso maior. Nós estamos a continuar a massagear os pezinhos e a criança está completamente derretida, completemente seduzida, abandona-se completamente em nós, entrega-se totalmente. Nós também podemos sentir uma certa alegria neste contacto delicado com esta criança. Esta experiência única só você pode dar a esta criança.

Agora a criança também está a decidir de vos dar uma prenda. Ela tem informação porque há pouco tempo que ela nasceu e esta criança tem informações acerca de vocês, acerca dos poderes que vocês têm, ou tinham numa vida passada e a criança decide colaborar hoje convosco e ela vai abrir uma ponte energética, ela vai abrir uma ponte que vai permitir de atingir os vossos poderes divinos, escondidos em outras dimensões, em outras vidas, esta criança tem o poder de abrir as portas do passado e de vos oferecer as coisas mais belas, mais puras, mais luminosas, são coisas que vos pertencem. Abram os vossos corações para receber da vossa criança interior as prendas de luz e de amor. Abram os vossos corações e recebam.

Vamos agradecer agora a esta criança, vamos agradecer e vamos-nos retirar e a criança fica a brincar no jardim ou a descansar a dormir de pé. E nós acompanhados pelo nosso anjo da guarda vamos entrar novamennte no nosso chacra do coração e agradecer por esta experiência maravilhosa, cheia de força e cheia de amor nós vamos regressar agora a esta sala, retomar contacto com o nosso corpo, mexer os pés, as mãos, abrir os olhos, estamos no aqui e agora, cheios de força.

Évora dia de 9 de Julho de 2005

Categories: Artigos

%d bloggers like this: