Exercício de Levantamento de Virtudes e Defeitos
– Ajuda alterar os Padrões de Pensamento e Comportamento

You_Are_Beautiful_by_Kezzi_Rose
Hélène – Vamos escrever num papel, dum lado as nossas maiores qualidades e do outro lado os nossos piores defeitos. A folha fica convosco, o que está escrito não é para entregar a ninguém. Escrevam conforme a vontade que tiverem, se sentirem vontade de escrever muito, escrevam, se sentirem vontade de escrever pouco, escrevam pouco. Contudo, tentem não escrever apenas uma qualidade e um defeito. Seria desejável que escrevessem, no mínimo, quatro ou cinco qualidades e quatro ou cinco defeitos.

Então, agora que já escreveram, dum lado das vossas folhas as vossas qualidades e, do outro os vossos defeitos, gostaria que passassem um pouco de tempo a pensar e a escrever algumas frases sobre aquilo que vocês querem para hoje e para amanhã.
Essas frases devem ser escritas no presente, “eu sou…” e não: “ eu vou ter…”, porque senão passam o tempo a querer e nunca vão ter. Digam: “Eu já tenho, já está presente na minha vida”
João Carlos – Usem vocabulário positivo e expressem os conceitos que vocês querem ter e não aquilo que querem pôr de lado, porque quanto mais se referem àquilo que querem deixar, mais isso cresce e quanto mais nos referirmos àquilo que queremos, mais isso cresce também. Por exemplo, se querem deixar de fumar nunca devem dizer: “Eu quero deixar de fumar”, porque vai dizer a palavra fumar. Então deve dizer: “Eu quero uma respiração saudável”, ou outra formulação equivalente que não utilize as palavras que referem aquilo que querem evitar. Aluna – “Eu vou dar mais tempo à família.” João Carlos – “Eu dou à família todo o tempo de que ela necessita” ou “eu sinto-me bem com o tempo que dou à família”. “Eu vou dar” está no futuro. Isso é uma projecção, algo que ainda não acontece, enquanto que o presente traduz uma realidade actual, que está a acontecer no momento. Portanto todas as frases devem estar no presente e não no futuro. Hélène –Todos nós sentimos que este exercício é importante. Por isso importa saber o que é que podemos fazer com isso. Pois é muito simples: praticar, praticar. Pode ser por escrito porque é o mais fácil. Temos uma colega de trabalho que em vez de escrever, pensava e formulava, mentalmente as propostas daquilo que queria, mas não estava a resultar. Então decidiu escrever. Todos os dias, ao acordar, passou a escrever uma página sobre o que escolhia para esse dia, ou para a sua vida. A partir daí, a sua vida passou a evoluir, a “dar saltos”. Ela escrevia sobre a sua realização profissional, tais como: “o meu telefone toca”, “eu tenho marcações”, “muitas pessoas falam de mim, passam o meu número de telefone e conhecem-me”, “eu tenho muitos clientes”. Como sabem, começar uma profissão nova é difícil, mas a vida dela avançou muito desta forma. Isto deve ser feito com delicadeza. É bom ter a consciência de que nós precisamos agir para as coisas poderem mudar na nossa vida. E nós somos os reis da nossa vida. Não há força superior que nos possa contrariar nas nossas decisões. Se vocês decidem “eu sou feliz”, então vão ser felizes.
Não estou a dizer que isto se materializa de um dia para o outro. Não. Eu demorei tempo. Demorei mas curei-me sem um químico. Não tomei nada de nada para dormir, para a depressão, para a tensão. Não tomei absolutamente nada. Utilizei só o que os Seres de Luz me diziam. O que Eles chamam a verdadeira fé, que é a fé em nós próprios. Afinal quem é Deus? Se nós não somos Deus, porque é que devia existir um Deus. Só nós é que podemos ser Deus dentro da nossa vida. Tomem consciência disso e com isso avançam. Não tentem fazer isso à força, a overdose de energia positiva não resulta. Fazem um bocadinho de cada vez e à medida que vão progredindo podem ir aumentando a “dose”, tal como se faz numa reabilitação após um acidente. Ninguém vai fazer duzentos abdominais a primeira vez que volta à ginástica. Com muita dificuldade vai fazer três, depois cinco, de- pois dez. Só depois de algum tempo é que poderá fazer duzentos.

Categories: Artigos

%d bloggers like this: